É possível levar meu gato para passear?

É possível levar meu gato para passear?

A resposta é sim! Mas lembre-se que o felino não é parecido com o cãozinho nesse quesito e para que isso aconteça é necessário um pouco mais de paciência e cuidado com o seu amiguinho.

E que nem todos estão dispostos a isso, por isso respeite o tempo do de amor de estimação sem forçar a barra.

Ao contrário dos cachorros, o fato de passear todos os dias não é uma necessidade para os gatos.

Primeiramente vamos falar sobre as vantagens e desvantagens e colocar na balança os prós e os contras de levar um felino para passear e só concretizar a saída se o animalzinho se sentir bem com essa atividade.

A vantagens:

Diversão;

O gatinho irá receber vários estímulos novos aos quais não está habituado como o cheiro das flores ou o tato da erva nas suas patas, e isso torna-se divertido para a natureza curiosa dos gatos.

Felinos Fujões;

Se o seu amiguinho peludo costuma fugir, então não hesite em levá-lo a passear por algum parque tranquilo no qual possa satisfazer as suas tendências exploradoras.

Alguns especialistas recomendam que é bom levar a passear os gatos com tendência a fugir de casa, para assim conhecerem o que há para além das janelas de casa, através das quais estão sempre olhando o exterior e se habituem a essa experiência.

Exercício;

Se o seu gato sofre de sobrepeso ou obesidade, levá-lo a passear ajudará a que a sua saúde melhore e que diminua de peso mais facilmente fazendo exercício no exterior.

Pré disposição;

Assim, os gatos mais ativos, os que mostram mais interesse pelo mundo exterior (saindo para a varanda ou olhando as janelas) e os que já saem para o jardim ou terraço de sua casa, são os felinos que melhor predisposição e melhores candidatos são na hora de sair para explorar territórios novos para eles.

As desvantagens:

Estresse;

Ao serem tão solitários e territoriais, o fato de passear os gatos domésticos pela rua pode ser estressante para eles, uma vez que além de se encontrarem com outros gatos desconhecidos, não contam com as suas marcas de cheiro tranquilizadoras e pode ser que se assustem facilmente e que queiram fugir.

Como acontece com todos os seres vivos, quando nos tiram da nossa zona de conforto ficamos estressados ou nervosos.

Personalidade;

Por exemplo, se o seu gato é muito assustadiço e reservado, tem medo das visitas que vêm a casa e se esconde cada vez que ouve um barulho estranho, é melhor não o levar a passear porque naturalmente não é um felino que esteja predisposto a isso.

Mas a pergunta que não quer calar, como passear com o seu gato?

Primeiramente acostume o seu amiguinho a usar coleira, pois ela será necessária para o passeio evitando acidentes como por exemplo um gatinho encontrar com outro felino e acontecer uma briga ou evitar possíveis fulgas.

Qual tipo de coleira usar no bichano?

A mais indicada para quem está começando a acostumar o felino é a coleira peitoral pois ela evita machucar o gatinho caso ele saia correndo.

Em pet shops você poderá encontrar variedades de modelos e materiais, mas sempre prese pelo conforto do gatinho.

Outro fator importante para os passeios são as vacinas, evitando possíveis doenças.

Deixe ele ir por onde quiser, seguindo simplesmente os seus movimentos sem o forçar a nada.

Escolha um lugar tranquilo e sem muitos outros animais é fundamental para conseguir passear o seu gato e para que ele se encontre cômodo e seguro, por isso os lugares com muitas pessoas, animais e ruídos forte estão totalmente desaconselhados.

Comece levando a passear o seu amor de estimação por poucos minutos e vá aumentando a duração dos passeios à medida que vir que o seu felino não sente nenhum inconveniente.

Vigie continuamente o seu felino para evitar que coma algo que não deve e não sofra assim de nenhum transtorno intestinal nem ferida acidental.

Experimente passear com bichinho, basta seguir as dicas acima e ver se o bichano gosta ou não da nova experiência.

Depois de todas essas medidas o seu amor de estimação ainda não curtiu o passeio?

Alguns felinos preferirão continuar se limpando e dormindo tranquilos em algum almofadão ao invés de andarem por lugares desconhecidos.

Não obrigue-o a nada pois estímulos negativos só servirão para deixar o seu amor de estimação estressado e magoado, podendo causar mudanças de humor no bichinho.

Aqui no Estação Pet você encontra as melhores marcas, acessórios, alimentos, farmácia completa e profissionais capacitados para lhe orientar.

Faça-nos uma visita ou ligue pra gente (44) 3025-5500!

Recomendados pra Você

Deixe um comentário